quinta-feira, 25 de março de 2010

67. José A. Cardoso


















BATON
gouache s/papel
30x40 cm (emoldurada)
1992
(devolvida)


Nasce em Lisboa em 1945. Arquitecto de formação, frequentou, até ao 3º ano, o curso de pintura da ESBAL.
Arquitecto, artista plástico, fotógrafo, publicitário e designer com especialização em design gráfico, realizou variadíssimos projectos de arquitectura e design, ilustrações para livros, cartazes, exposições e brochuras promocionais e institucionais, e desenhou vários sêlos para os CTT-Correios de Portugal, Unicef e Nações Unidas, tendo sido galardoado com diversos prémios e mensões honrosas nacional e internacionalmente.
Ao longo da sua vida profissional, trabalhou com várias figuras de destaque no panorama das Artes Plásticas e do Design em Portugal, com especial relevo para Sebastião Rodrigues, Alberto Cardoso, Thomaz de Mello (Tom), António Sena da Silva, Daciano Costa, Gracinda Candeias e Manoel Lapa, entre outros.
Pinta e expõe regularmente desde 2004 e tem várias obras adquiridas para colecções particulares, Museus e Fundações, em Portugal, Espanha, França, Reino Unido, Rússia, Estónia, Austrália e Estados Unidos da América.
José A. Cardoso

Percurso Profissional.
1973 / 1980
Integra a equipa de projecto e design da Exposição das Comemorações Henriquinas;
Director Criativo das Agências de Publicidade Penta, Cinevoz e Latina; Desenvolve, com
José Carlos Ary dos Santos, António Borges, Raúl Calado, Branca Protázio, Alexandre
O'Neil e Luís Sttau Monteiro diversas campanhas, algumas delas galardoadas com 1os
Prémios e Mensões Honrosas nos Festivais Publicitários de Lisboa, Cannes, Veneza e Nova
Iorque (Woollmark, Óleos Girassol, Cervejas Sagres, Banco Pinto & Sotto-Mayor);
É convidado para conceber e dirigir a remodelação da Galeria D. Amélia, no Museu
Nacional dos Coches, em Lisboa.
1981 / 1983
Trabalha quase exclusivamente na equipa multidisciplinar de arquitectos, historiadores,
designers, fotógrafos e artistas plásticos que conceberam e executaram os diversos núcleos
da XVII Exposição Europeia de Arte, Ciência e Cultura.
Cria e projecta a Exposição Comemorativa dos 100 Anos do Telefone em Portugal, para os
CTT-Telecomunicações, na Fundação Gulbenkian.
1984 / 2000
Projecta a Exposição dos 50 Anos da COVINA e o Museu da TAP;
Cria e dirige a Exposição Itinerante dos 10 anos da EDP, em1988;
Projectou vários Pavilhões de Portugal para o Fundo de Fomento / ICEP, nas Feiras
internacionais de Hannover, Bolonha, Houston, San Diego, Paris, Dakar, Madrid e Barcelona, sendo Portugal galardoado com os prémios de melhor representação nacional em Hannover e Houston (EUA).
Concebe e dirige a Exposição dos 20 Anos da EDP, nos claustros do Mosteiro dos Jerónimos, em 1998.
2001 / 2007
Cria e realiza a exposição dos 25 anos da EDP, na Central Tejo, em 2001.
É responsável pela edição gráfica de vários livros para a Fundação EDP/Museu de Electricidade e outras edições de prestígio.

Sem comentários:

Publicar um comentário

UMA AJUDA COM ARTE

Num movimento desencadeado por Sara Garrotte (Chuca), um elevado número de artistas plásticos e outras instituições ofereceram obras de arte para serem leiloadas, revertendo o produto para uma instituição de solidariedade da Madeira indicada pela Segurança Social. Feito um leilão devidamente licenciado pela Câmara Municipal do Porto, foi acordado, com a dita instituição de solidariedade social, a realização de uma exposição das obras remanescentes, no Funchal, aprontando-se aquela a alcançar o patrocínio de uma transportadora para que as obras chegassem à Madeira sem mais despesas, salvaguardando-se, desse modo, todo o pecúlio grangeado através do leilão, o qual foi remetido à aludida instituição social. Passado o mês de Setembro, e os mais meses até ao fim do ano de 2010, do Funchal, não veio "resposta, nem recado". Tememos, por isso, pelo trato futuro dado às obras postas à disposição para "AJUDA À MADEIRA" e resolvemos devolvê-las aos respectivos autores ou ofertantes, à disposição de quem se encontrarão até ao respectivo levantamento na Galeria. Galeria Vieira Portuense AUTORES DAS OBRAS: Aidê Zorek, Alberto D'Assumpção, Ana Camilo, Ana Maria Garcia, André Semblano, Angelina Gomes, António Dulcídio, António-Lino Pedras, Aníbal Alcino, Arnaldo Macedo, Bela Mestre, Bem-aventurado Jorge, Carlos Dugos, Carmen Santaya, Carmen Sevillano Estremera, Cassio Mello, Constância Néry, Célia Ribeiro, César Barros Amorim (Mutes), Danielle Carcav, Delfina Mendonça, Dina de Sousa, Estrela Rua, Felipe Alarcón Echenique, Fernando Pamplona, Francisco Urbano, Gabrielux, Gelin FM, Griñon, Ignacio Hábrica, Irene Gomis, Joana Gonçalves, Jorge Murillo Torrico, José A. Cardoso, José Gonçalves, José Projecto, José Rosinhas, Júlia Fernandes, Kim Molinero, Lamadrid, Lena Gal, Luiz Soares, Luz Morais, Luís Rodrigues, Marco Batista, Maria da Glória, Maria Dulce Bernardes, Maria Rosas, Maria Tereza Braz, Marina Cocós, Marina Fátima, Marina Mourão, Mary Carmen Calviño, Miguel Angel Salido Serrano, Mizé, Molina, Mário Rebelo de Sousa, MR (Miquelina Ribeiro), Neiro, Nelson Marques, Paula Navarro, Pedro Charters d’ Azevedo, Pedro S. Morillo, Pepa Mariño, Pilar Feás, Porfírio Alves Pires, Renato Pereira, Ritta Bremer, Roig de Diego, Rosa Lapinha, Rosaura Serrano Sierra, Sabela Baña Roibás, Sara Garrote (Chuca), Soledad Fernández, Sónia Lapa, Tareixa Barrós, Teodoro Büest, Té Salvado e Yolanda Carbajales.

Arquivo do blogue

Etiquetas